Mensagens sentidas

Tudo aquilo que fazemos com gosto e com amor, carinho e dedicação, fica sempre bem feito.

O bem mais precioso que podemos ter na vida, além da saúde, é o amor e a amizade. São coisas que dinheiro algum pode comprar.

A vida só vale a pena ser vivida junto de quem amamos e só faz sentido se pudermos aprender, crescer e evoluir sempre.

(Marta Alves)

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Cuchu no forno

Olá amigas,

Hoje trago umas pequenas receitas de acompanhamentos de pratos de carne ou peixe, ou que até podem servir de refeição se for vegetariana(o).

São os acompanhamentos que fiz ontem para o nosso jantar, para acompanhar uns benditos rissóis de camarão caseiros (feitos pela mamã) que a bela da Marta se lembrou de ‘assar’ no forno em vez de fritar, para ser mais saudável, e que acabou por estragá-los :(

Quer dizer, não se estragaram efectivamente, até se comeram (sim, porque aqui em casa não se deita comida fora, era o que faltava, com tanta gente a precisar e não ter para comer e os ‘lords’ a darem-se ao luxo de jogar fora…nem pensar).
No entanto não ficaram com bom sabor (isto é, com o sabor ‘normal’) e alguns até abriram e saiu o recheio, enfim, ficaram com um aspecto horrível…
Por essa razão não mereceram aparecer ‘no boneco’, fotografei apenas os acompanhamentos e pronto. Quando saírem mais bonitos, aí sim podem dar um ar da sua graça :)

Já agora, conhecem alguma forma mais saudável de se cozinharem rissóis sem ser fritos (e que fique comestível, claro)? Agradecia a vossa ajuda, pois não devo comer fritos por causa das minhas pedrinhas de estimação na vesícula :(

Então, aqui vai a receitinha do primeiro acompanhamento:

- 1 Chuchu grande
- 2 Colheres de sopa de azeite
- Ervas aromáticas a gosto
- Sal e pimenta qb

Lavar bem o chuchu, raspar a casca para retirar os ‘picos’, cortar em fatias ou aos pedaços, colocar num recipiente que possa ir ao forno, temperar com azeite, sal, pimenta e ervas aromáticas (eu usei salsa picada e cebolinho) e envolver bem o chuchu nos temperos. Colocar um pouco de água (só no fundo) para cozer mais depressa.
Levar ao forno a 200º até estar cozinhado ‘al dente’, ou seja, não demasiado mole.
E voilá, aqui está ele:


Experimentem, pois além de ser saudável, fica muito saboroso.

Bom apetite!

8 comentários:

  1. Olá Marta.

    Já fiz a mesma experiência com rissois caseiros (não eram na mamã, mas eram da avó) e o resultado foi identico. Não ficam estragados porque se comem na mesma, mas eles precisam mesmo de ser fritos. Hummm, já estou com água na boca :)
    O arroz parece delicioso, eu adoro arroz de feijão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário.
      Fico contente por gostar das minhas simples comidinhas :)
      Beijos

      Eliminar
  2. Ficas a saber, que assim que os meus chuchus crescerem, vou fazer esta receita :)
    Depois digo se gostei :)♥
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. ✽. ¸ ¸. • * `❀ ✽. ¸ ¸. • ✽
    Marta, querida,

    Amei o seu conjuntinho preto da postagem anterior...sua avozinha com certeza vai gostar e usar muito, pois preto é muito chic!!

    Aqui em casa, não desperdiçamos nadica. Tudo se aproveita.

    Sua receita de chuchu deve ficar deliciosa e perfumada.

    beijinhos,

    Lígia e turminha
    ✽. ¸ ¸. • * `❀ ✽. ¸ ¸. • ✽

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela sua visita e pelo comentário, Lígia.
      Beijinhos pra você e pra toda a sua turminha :)

      Eliminar
  4. Hmmm, acho que vou tentar.
    Sempre faço só chuchu em salada. Quem sabe não faz sucesso aqui em casa também?

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimente sim, Déia, vai ver que vai gostar.
      Beijinhos

      Eliminar

Muito obrigado pela sua visita a este cantinho!
Sinta-se à vontade para deixar o seu comentário, por mais breve que seja, pois será sempre um incentivo para continuar este trabalho.
Espero que goste e que volte :)
Beijinhos,
Marta